Home / Beleza / Entenda o que suas unhas querem dizer sobre sua saúde

Entenda o que suas unhas querem dizer sobre sua saúde

Especialista do CEJAM explica características que podem indicar possíveis problemas no organismo

Além de serem um elemento de nossa estética, as unhas podem nos fornecer informações valiosas sobre a nossa saúde. Isso porque, frequentemente, elas refletem o estado geral de nosso organismo e, com isso, podem servir de “start” para buscarmos respostas nesse sentido.

Mudanças na cor, textura, formato e crescimento das unhas podem ser indicativos de uma variedade de problemas. Por isso, observá-las é uma das maneiras de identificar possíveis mensagens que o corpo está querendo passar.

“Sem dúvidas, a saúde das unhas está diretamente relacionada às nossas características metabólicas, como balanço nutricional, estado da tireoide, dos rins, dos pulmões, podendo indicar patologias inflamatórias, infecciosas e neoplásicas”, ressalta Bruna de Nardo Aniceto, dermatologista da UBS Jardim Guarujá, gerenciada pelo CEJAM – Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim” em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo.

Não só isso, pode também evidenciar alterações hormonais durante o ciclo menstrual, o consumo exagerado de alguns alimentos, assim como de alguns medicamentos.

Abaixo, a especialista explica o que algumas características mais comuns podem comunicar de forma indireta:

Unhas com manchas brancas : Normalmente, as manchas brancas nas unhas não costumam indicar problemas de saúde. No entanto, elas podem surgir devido ao uso de certos antibióticos, ser um sintoma de condições como vitiligo ou hanseníase, ou aparecer após um trauma na região, além de sinalizar variações hormonais, explica a médica.

Unhas amareladas : De acordo com a profissional, essas manchas são mais comuns em pessoas idosas e podem indicar infecção por fungos, geralmente associada ao descolamento das unhas. Além disso, podem ser sintomas de doenças como diabetes, artrite reumatoide, cirrose, hepatite ou problemas pulmonares, como bronquite ou DPOC. Também podem surgir após o uso de alguns medicamentos ou indicar alergia a produtos de limpeza e à fumaça de cigarro, por exemplo.

Unhas roxas : Essa coloração é frequentemente observada em pessoas que vivem em ambientes mais frios, e acontece pela redução do nível de oxigênio no sangue. Apesar disso, dependendo do caso, ela pode indicar problemas circulatórios, como a doença de Raynaud, ou alterações respiratórias, como enfisema, asma ou pneumonia, além de doenças do coração, como a insuficiência cardíaca.

Unhas com manchas escuras ou pretas : São frequentemente causadas por uma condição conhecida como melanoníquia. A médica comenta que essa alteração é mais comum em pessoas com pele negra, mas também pode surgir repentinamente devido ao uso de certos medicamentos, como antibióticos ou zidovudina, que é utilizado no tratamento do HIV.

Quanto às unhas fracas e quebradiças podem ser causadas por hábitos cosméticos, como pintar as unhas de forma contínua, polir as unhas em excesso, remover as cutículas de maneira exagerada e até o uso de acetona. “Porém, também é importante considerar questões metabólicas e nutricionais, que podem requerer exames laboratoriais para investigação, como deficiência de ferro, ácido fólico, vitaminas A, B12 ou C, além de doenças como psoríase, micose e hipertireoidismo”, enfatiza Bruna.

A dermatologista também esclarece que as unhas rachadas, conhecidas como sulcos horizontais ou linhas de Beau, podem ser resultado de estressores fisiológicos ou de condições sistêmicas, como diabetes, anormalidades na tireoide ou doença renal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top

Delas